SBuhler

Sebastian Buhler nas Motos, Arnaldo Martins nos Quad e João Lopes nos SSV foram os vencedores da Baja TT Capital do Vinhos de Portugal – Reguengos de Monsaraz que se realizou este fim-de-semana nas pistas alentejanas.

A 29ª edição da prova alentejana apresentou este ano diversas novidades, mas manteve a sua tradicional dureza dos pisos que a caracteriza. O tempo esteve quente, mas não excessivo e o pó dificultou como é habitual a tarefa dos pilotos e navegadores.

“No primeiro dia tinha ganho alguma vantagem, mas fui penalizado num DZ. Mesmo assim parti à frente e hoje forcei um pouco para assegurar que ganhava vantagem, mas nunca arrisquei porque esta prova não o permite. Era importante ganhar para me manter na luta pelo título” salientou no final Sebastian Buhler que, mesmo já tendo falhado uma prova, ascendeu ao segundo lugar do CNTT.

Para António Maio esta prova “apesar de muito bem marcada continua a ser muito perigosa. Ontem apanhei um grande susto e hoje entendi que não fazia sentido estar a correr riscos. O segundo lugar é muito bom para o campeonato”, referiu.

No pódio terminou ainda Mário Patrão (KTM) a quem uma queda na véspera deixou algumas mazelas pelo que, apesar de com algum sofrimento, o piloto se limitou a assegurar a terceira posição.

Luís Teixeira, quarto classificado à geral, triunfou na categoria TT3. Em 5º lugar terminou o piloto da casa Daniel Silva, que venceu a classe Promoção e o troféu destinado aos pilotos de Reguengos.

Com apenas 16 anos de idade Martim Ventura estreou a sua nova 125 e com ela foi o vencedor da classe TT1 e sexto da geral, nove segundos na frente de David Megre. Nos veteranos, quarta vitória consecutiva para Luís Cunha que se estreou esta temporada. Nas senhoras Catarina Sampaio festejou a sua primeira vitória.

Entre os Quad Arnaldo Martins alcançou a quarta vitória consecutiva e poderá festejar a conquista do titulo na Sertã. Rodrigo Pagaime, num regresso pontual, foi segundo classificado, enquanto o piloto da casa David Barona Rodrigues completou o pódio da categoria e venceu o troféu destinado aos pilotos de Reguengos.

A  prova alentejana foi palco de uma animada competição entre os pilotos SSV, com vários pilotos a passarem pela liderança. No entanto foi João Lopes, que também venceu em Loulé, quem subiu ao lugar mais alto do pódio se bem que com uma escassa vantagem de apenas 16 segundos sobre o segundo classificado.

Na 2ª posição terminou Ricardo Carvalho que de Yamaha tinha sido o vencedor no ano passado. Apenas 1 segundo atrás de Ricardo Carvalho terminou João Monteiro, o vencedor do prólogo no dia anterior

Ainda dentro do mesmo minuto que o vencedor (47 segundos) terminou a dupla Vitor Santos/Valter Sá com a dupla líder do campeonato Bruno Martins/Eurico Adão a terminar na quinta posição.

Please follow and like us:
TT 2017: Buhler, Martins e Lopes vencem em Reguengos
FMP