Foto de Grupo MR Porto 2018 Penamacor

O Moto Clube do Porto deu início ao 22º Troféu Nacional de Moto-ralis Turísticos BMW/Dunlop da FMP-2018 nos passados dias 28 e 29 de Abril, com soberbo e bem planeado passeio mototurístico pela Beira Baixa que contou com forte apoio de várias autarquias. A entusiástica caravana que contou com 63 equipas, compostas por 97 participantes, percorreu ao longo dos cerca de 160 quilómetros que indicava o bem elaborado road-book, uma região repleta de história, gastronomia, usos e costumes e arrebatadoras paisagens. O mototurismo no seu melhor!

A saudável “competição” mototurística que caracteriza o troféu, desde os primórdios da sua concepção, tem levado ao longo destes 24 anos os mototuristas a descobrir de norte a sul do país, as muitas maravilhas que por cá temos. Tudo graças ao empenhado trabalho dos clubes que ano após ano, contrariando por vezes grandes dificuldades, procuram o que de melhor as regiões têm para mostrar, apreciar e viver, com fundamental apoio autárquico e de entidades que se associam a estes passeios. Obrigado a todos!

Partindo da frente da Câmara Municipal de Penamacor, sob um sol promissor, depois das mais pessimistas previsões, a caravana dirigiu-se à Ibersaco para interessante visita. Esta empresa familiar, onde a motivação dos seus colaboradores em diversas áreas é prioritária, faz toda a diferença no dia-a-dia e nos resultados desta unidade fabril de produção de sacos. Um bom exemplo!

Por pitoresco percurso e simpáticas aldeias como Pedrogão, Bemposta e Águas, terra de José Megre, o grande impulsionador do todo-o-terreno nacional, seguiu-se até Aldeia do Bispo, após pagamento da “portagem” para a travessia da ponte sobre a Ribeira das Taliscas. Depois de lido o Pai Nosso Motorraliano, o “Bispo” lá foi perdoando os “pecados”. Mais difícil seria o da gula, pois logo de seguida na Aldeia de João Pires, dava-se início à “longa maratona” de “comes e bebes” gentilmente oferecidos pelas várias juntas de freguesia que fizeram questão de se associar ao moto-rali. Os mototuristas agradecem!

Depois dos interessantes quelhos no meio da aldeia e fabulosa estradinha rural, nova paragem e novo “pecado” em Salvador. Em Aranhas testou-se o equilíbrio e a pontaria à baliza, antes da degustação de saborosa sopa. O bom tempo veio para ficar e ajudar a apreciar as fantásticas paisagens que acompanhavam a caravana. No Moinho do Maneio, espaço rural magnífico bem junto ao rio Erges, tentou-se acertar com arco e flechas na maçã mas a pontaria só mesmo nos bons grelhados e doçaria regional que a seguir foram servidos, enquanto se aproveitava o espaço para relaxar.

O 2º sector começou junto à Reserva Natural da Serra da Malcata, território do muito ameaçado de extinção Lince Ibérico, com travessia por ponte Romana e Filipina defendida por um valente romano! Chegados a Meimoa foi tempo de visitar o Museu Dr. Mário Pires Bento instalado num antigo lagar que preserva rica colecção arqueológica e etnográfica. Passagem pela praia fluvial de Meimão, onde foi possível encontrar uma estranha espécie de Lince e em plena aldeia terminar as várias etapas gastronómicas com saboroso café, gentilmente oferecido pela junta de freguesia local.

O forno comunitário na aldeia Vale da Srª da Póvoa aguardava pela visita dos mototuristas, para meterem a mão na massa e cozer o pão, acompanhado do bom azeite e vinho da região. Momento inesquecível a juntar aos inúmeros que são vividos intensamente pelos participantes neste tipo de passeios de moto!

Perguntas respondidas no Santuário da Srª da Póvoa, com a diversão a continuar na Praia Fluvial do Moinho de Benquerença para mais um momento hilariante, com a ida à praia do banhista carregado de tralhas, debaixo dum fogaz aguaceiro!

Passagem ainda pela sede do Grupo Motard “Os Cágados” de Benquerença e chegava-se ao final do 1º dia.

Bem instalados em unidade hoteleira de qualidade, foi tempo de aproveitar as instalações termais e relembrar todas as emoções vividas de forma muito relaxada.

A jovem banda filarmónica de Aldeia de João Pires, com a interpretação de temas bem conhecidos dos Xutos e Pontapés entre outros e o sorteio de diversos prémios, animaram a noite em franca amizade e confraternização que também deu a conhecer os mais regulares do moto-rali no primeiro dia.

A segunda etapa, uma das mais curtas de sempre, centrou-se em Penamacor, a Vila Madeiro e no seu património histórico e cultural. A começar nada melhor do que subir pela calçada romana até ao Convento de Santo António para visita e apreciar a vila. Jogou-se ao lançamento da sameira (carica), na Capela de S.Domingos uns “clérigos” benzeram a caravana, mais adiante contaram-se os burros, para depois junto à Torre de Menage do castelo de Penamacor, se testar os dotes equilibristas de “garçon” e saber que a torre quase desaparecia em 1739 depois do rebentamento do paiol!

O interessante Museu Municipal onde se pôde conhecer melhor a história e cultura da região, antes da habitual foto de grupo, encerrou da melhor maneira esta excelente 1ª etapa do troféu.

Em caravana rumou-se até Meimoa para o almoço de encerramento em festa. Após o sorteio dos vouchers da BMW, foram conhecidos os mais regulares e vencedores do moto-rali. Em primeiro lugar ficou o Vitor Olivença, seguido do João e Carla Kull todos do Moto Clube de Albufeira. A encerrar o “pódio” ficaram o Rui Oliveira e a Vera Cardoso do Góis Moto Clube.

A malta do Moto Clube do Porto está de parabéns por este excelente e memorável fim-de semana mototurístico!

A 2ª jornada do 22º Troféu Nacional de Moto-ralis Turísticos BMW/Dunlop da FMP-2018 segue para a região de Montemor-o Novo no Alto Alentejo, nos próximos dias 12 e 13 de Maio, organizado pelos Motards do Ocidente.

O Moto Clube do Porto agradece o apoio das seguintes entidades: Câmara Municipal de Penamacor, Juntas de Freguesia: Águas, Aldeia do Bispo e Aldeia de João Pires, Bemposta e Pedrogão de S. Pedro, Aranhas, Benquerença, Meimoa, Meimão, Salvador e Vale da Senhora da Póvoa.

Álbum de fotos: https://photos.app.goo.gl/oMta9X6TZrrupRpl2

Please follow and like us:
Troféu Nacional Moto-Ralis Turísticos começou na Beira-Baixa
FMP