ISDE 2015 começam amanhã

ISDEApresent

Depois de uma semana de intensa preparação onde todos os detalhes foram preparados com vista aos Seis Dias 2015, a selecção nacional de enduro inicia amanhã a sua participação na 90ª edição da competição.

No arranque destes ISDE 2015, que pela quinta vez na sua história se realizam na Eslováquia, todos os quase 500 participantes na competição foram ontem recebidos em festa no centro de Kosice – na habitual cerimónia de abertura da competição – com todas as equipas e pilotos a serem apresentados aos muitos espectadores que acompanharam esta primeira cerimónia oficial dos ISDE.

Todos os seis elementos da equipa nacional mais os três pilotos da IS3 Racing, que estão em Kosice como equipa de clube mas integram a comitiva lusa, foram recebidos pelos eslovacos numa cerimónia sempre especial e única para qualquer participante.

Hoje ao longo deste derradeiro dia de preparação da prova os pilotos aproveitaram mais uma vez para ultimar pormenores com o seu equipamento e efectuar uma derradeira observação das especiais que amanhã terão que enfrentar.

O dia de abertura destes ISDE 2015 terá um total de 275 quilómetros de prova – duas voltas a um percurso com 137 quilómetros – com duas especiais Enduro e uma Cross a cumprir em cada volta. Serão mais de oito horas de prova a enfrentar por todo o pelotão.

Please follow and like us:

ISDE 2015: Reacção lusitana

Depois de um terceiro dia negro para as suas aspirações a selecção nacional de enduro presente nos International Six Days 2015 reagiu da melhor forma e entrou hoje em modo de recuperação. Um dia onde toda a caravana enfrentou um novo traçado e no qual os pilotos portugueses mostraram toda a sua raça e vontade de brilhar numa das mais exigentes competições do desporto motorizado a nível mundial.

(mais…)

Please follow and like us:

ISDE 2015: Portugal fecha em 11º

QuimRodrigues

Terminou hoje em Kosice na Eslováquia a edição 2015 dos International Six Days Enduro, a mais antiga prova desportiva sob a égide da Federação Internacional de Motociclismo. Na sua 90ª edição a prova terminou com uma controversa vitória da França – possível depois da readmissão de oito pilotos de várias equipas que tinham sido excluídos no terceiro dia de corrida por falharem um controle horário – sendo a equipa portuguesa uma das prejudicadas com a decisão tomada pois desceu ao 11º posto, posição que em nada espelha o esforço e ritmo dos pilotos lusos ao longo de seis longos dias de competição.

Hoje realizou-se a derradeira jornada destes ISDE 2015, com a discussão da habitual especial final, uma corrida estilo motocross que por hábito serve de espectáculo de encerramento da prova desde a sua criação. Um dia sem grande história que nada alterou a ordem da classificação final, mas onde os pilotos lusos mais uma vez mostraram a sua garra a vontade de brilhar, mesmo sabendo de antemão que em nada poderiam alterar a classificação da equipa sem factores estranhos a ajudarem ao alterar da ordem final.

Com as equipas a manterem todos os seus pilotos em prova sem contratempos, aos lusos restou a opção de discutirem as melhores posições nas suas mangas, com Joaquim Rodrigues a ser o melhor do dia ao fechar a sua primeira participação na prova com um 21º lugar na classificação global do dia, sendo o oitavo na classe E1.

Na classe Enduro 2, onde estiveram três pilotos, Diogo Ventura foi o melhor na 25ª posição, seguido por Gonçalo Reis e João Lourenço na 55ª posição, ele que terminou igualmente na sua estreia nos ISDE. Finalmente na Enduro 3 Luis Correia foi o quinto, enquanto que Fernando Sousa, o único resistente na prova de clubes foi o 46º na classe C2.

Individualmente os pilotos portugueses confirmaram a sua excelente prestação, com Joaquim Rodrigues a concluir a prova na 16ª posição da classe, com Gonçalo Reis a ser o 19º igualmente na sua categoria. João Lourenço foi o 53º e Diogo Ventura ficou logo atrás em 54º, ele que foi penalizado em quase trinta minutos no negro terceiro dia de prova, que decidiu a classificação da equipa lusa. Na Enduro 3 Luis Correia foi o quarto, sendo individualmente prejudicado igualmente pela reclassificação dos oito pilotos desclassificados no terceiro dia, sendo que a terceira posição era claramente sua sem essa decisão.

Globalmente o 11º lugar da classificação por selecções não espelha o nível demonstrado pela equipa lusa, que de forma natural tinha posição assegurada entre os oito melhores da competição sem a referida decisão de reclassificar os pilotos (oito) desclassificados no terceiro dia. O enduro nacional voltou no entanto a mostrar a sua evolução e qualidade dos seus pilotos, deixando no ar que em 2016, em Espanha, Portugal poderá estar novamente a discutir os melhores lugares, tanto a nível de equipas como individualmente.

Classificação Selecções (após 6 dias de prova)

1º França com 21h08.30.76s; 2º Austrália a 1m00.38s; 3º Espanha a 10m26.76s; 4º Itália a 13m34.41s; 5º Grã-Bretanha a 22m43.38s; 6º Finlândia a 40m42.49s; 7º Alemanha a 53m15.95s; 8º Républica Checa a 54m49.16s; 9º Suécia a 1h14m46.25s; 10º Eslováquia a 1h20m43.50s; 11º Portugal a 1h23m02.83s

Classificação Individual Portugueses (após 6 dias de prova)

Enduro 1

16º Joaquim Rodrigues – KTM

Enduro 2

19º Gonçalo Reis – KTM; 53º João Lourenço – Kawasaki; 54º Diogo Ventura – Gas Gas

Enduro 3

4º Luís Correia – Beta

Team IS3

C2 (Clubes)

42º Fernando Sousa Jr – KTM

Please follow and like us:

ISDE 2016: Maratona começa amanhã

Equipas4

Após uma semana de itensa preparação as equipas portuguesas presentes na 91ª edição dos International Six Days Enduro a realizar em Navarra, Espanha, enfrentam amanhã o primeiro dia da longa maratona que a é a mais importante prova do enduro mundial. (mais…)

Please follow and like us:

ISDE 2016: Portugueses sem sobressaltos

LuisCorreia2

Começou hoje no Circuito de Navarra em Espanha a 91ª edição dos International Six Days Enduro, prova que conta com a presença de uma dezena de pilotos portugueses divididos pelas duas selecções nacionais (Séniores e Júniores) e ainda uma equipa de clube com um trio de pilotos. (mais…)

Please follow and like us:

ISDE 2016: Portugal na 5ª posição

LuisCorreiaDia2

Com os mesmos 314 quilómetros divididos em duas voltas a um percurso com 157 quilómetros e as mesmas três especiais em cada uma das voltas, realizou-se hoje em Navarra o segundo dos seis dias de competição dos International Six Days Enduro 2016. (mais…)

Please follow and like us:
FMP