GP de Macau: Pires foi 20º, Caetano abandonou

Macau2015

Realizou-se esta manhã – hora de Portugal continental – mais uma edição do mítico e desafiante GP de Macau, prova que contou com a presença dos portugueses André Pires e Nuno Caetano.

Com 12 voltas em agenda aos mais de seis quilómetros do sinuoso e estreito traçado do Circuito da Guia, a prova asiática foi de sortes distintas para ambos os pilotos portugueses, com Caetano a abandonar logo no início com fortes dores na clavícula que recentemente fracturou e que o deixou sem condições de poder fazer a prova que desejava.

Habituado ás provas do Road Racing em solo britânico e irlandês, entre elas a conhecida corrida na Ilha de Man, Caetano não participou mesmo no ‘warm-up’ matinal para defender a sua condição fisica, mas logo após a primeira volta a vontade e desejoso de se manter em pista não conseguiu ser superior ás dores e o piloto da Kawasaki foi mesmo forçado ao abandono.

André Pires (14) foi assim o único luso a concluir a prova e fechou as doze voltas realizadas na 20ª posição, colocando a sua Yamaha entre os finalistas daquela que foi a 49ª edição do GP de Macau.

A prova foi ganha pelo britânico Peter Hickman aos comandos de uma BMW, na frente de Martin Jessopp e Michael Rutter, também estes aos comandos de motos da marca germânica.

Please follow and like us:

André Pires a caminho de Macau

AndrePires

Aos comandos de uma Bimota da equipa oficial britânica do construtor italiano o transmontano André Pires será em 2016 o único português a competir no GP de Macau de motociclismo que comemora o seu 50º aniversário.

(mais…)

Please follow and like us:

GP de Macau: André Pires qualifica em 26º

Andre

A comemorar o seu 50º aniversário o GP de Macau de Motociclismo conta em 2016 com a presença de um único piloto português, André Pires, que aos comandos de uma das Bimota da divisão britânica do construtor italiano enfrenta os mais de 6 quilómetros do mítico e exigente Circuito da Guia.

Depois de realizadas as duas sessões de treinos cronometrados o piloto transmontano irá arrancar para a corrida na 26ª posição da grelha de partida tendo conseguido uma melhoria de mais de dois segundos entre a primeira e a segunda sessões que cumpriu na pista asiática, tendo melhorado uma posição entre a primeira e a segunda sessões.

André Pires irá agora enfrentar as 12 voltas da corrida, que se realiza amanhã na pista macaense e o principal objectivo será levar a sua moto até à bandeira de xadrêz num fecho de temporada onde esteve também na Ilha de Man numa clara aposta nas corridas mais importantes do Road Racing mundial onde é na actualidade o único representante português.

Please follow and like us:

André Pires regressa à Guia

André Pires foi novamente o piloto escolhido pela organização do GP de Macau, para representar Portugal na edição 2017 da prova no Circuito da Guia e que se irá realizar entre os dias 16 e 19 de Novembro.

O ex-campeão nacional irá participar na prova asiática aos comandos de uma Kawasaki ZX 10 R, integrado na estrutura da Pro-Bike Team Portugal, moto que conhece bem visto participar aos comandos do mesmo modelo no nacional de velocidade.

(mais…)

Please follow and like us:

GP Macau 2017: André Pires luta com arma desigual

20171116.006H

No arranque desportivo da 51ª edição do GP de Macau de motociclismo, André Pires enfrentou hoje pela primeira vez os 6200 metros de perímetro do Circuito da Guia para cumprir as duas primeiras sessões de treinos, entre elas a primeira qualificação.

O transmontano é um dos 28 pilotos em prova e no final da qualificação assinou o 26º tempo a pouco mais de 13 segundos do mais rápido, uma diferença natural por força das diferenças entre as motos que estão em pista.

(mais…)

Please follow and like us:

GP Macau 2017: André Pires 23º na qualificação

20171116.007T

No final de duas sessões de qualificação onde conseguiu mesmo baixar em quase uma mão cheia de segundos a sua melhor volta nos 6.200 metros do Circuito da Guia, André Pires irá arrancar na 23ª posição para o 51º GP de Macau de motociclismo.

Aos comandos da sua Kawasaki ZX10R o piloto transmontano conseguiu na derradeira sessão efectuar a sua melhor volta em 2m32.167, a cerca de nove segundos da melhor passagem registada por Glenn Irwin, com o piloto irlandês a bater o recorde de qualificação que estava nas mãos de Michael Rutter desde 2010.

“A qualificação foi francamente positiva e penso que poderia ter melhorado um pouco mais se não tivesse apanhado algum trânsito na zona alta do circuito. Mas foram quase menos cinco segundos na melhor volta que são fruto das melhores afinações que vamos encontrando na nossa moto. Amanhã veremos como tudo se desenrola porque deveremos ter condições bem distintas.” Comentou André Pires no final da qualificação e já a pensar na forte possibilidade de chuva que pode vir a acompanhar os pilotos do GP de Macau 2017 que contará com 12 voltas ao exigente Circuito da Guia.

Please follow and like us:
FMP