PodioElite

De regresso ao campeonato nacional de Supercross depois da notada ausência na segunda ronda realizada na Poutena, Paulo Alberto venceu pela segunda vez em três provas realizadas. A noite de Arões, junto à cidade de Fafe, voltou a contar com muito público e um lote de pilotos que proporcionaram excelentes duelos em todas as categorias que integram a caravana em 2018.

Com 32 pilotos em pista em Elite – desde Agosto 2014 que o número de pilotos numa ronda do SX não ultrapassava as três dezenas – a 17ª visita do campeonato ao traçado minhoto foi também nesse capítulo especial pois voltou a revelar-se bem animada. Hugo Basaúla, líder do campeonato e campeão em título, mostrou-se como o mais rápido nas Red Bull Flying Laps , um dos momentos sempre especiais em todas as noites do Supercross luso, batendo Paulo Alberto por 170 milésimas e deixando Luis Oliveira, o campeão nacional enduro 2018, a pouco mais de 1 segundo nesta que foi a primeira prova do piloto de Belas neste campeonato.


Luis Oliveira seria mesmo o primeiro comandante no arranque do duelo inicial da noite, não segurando no entanto Paulo Alberto que logo na segunda volta estava na frente do pelotão para não mais largar a posição até ao final das 20 voltas realizadas e fechando a corrida na frente de Hugo Basaúla, que subiu ao degrau intermédio do pódio na quarta passagem. Luis Oliveira ficou fora do pódio quando Adam Chatfield, pelo segundo fim‑de‑semana consecutivo a participar no campeonato nacional, o passou na nona volta, fechando o britânico os lugares de pódio na frente de Oliveira e Diogo Graça que recuperou desde a 14ª posição na volta de abertura até ao quinto posto – primeiro em SX2 – com Ricardo Freire e Renato Silva a fecharem logo atrás o lote dos pilotos que terminaram com o mesmo número de voltas que o vencedor.

No arranque da segunda corrida da noite foi novamente Luis Oliveira o comandante nos primeiros 600 metros de competição. Mas na segunda passagem Paulo Alberto estava de novo na frente e não mais largou os 25 pontos da vitória para um fecho perfeito de terceira ronda do ano. Basaúla era segundo nos primeiros momentos de corrida mas na terceira volta Adam Chatfield subiu ao degrau intermédio de pódio e por ali ficou até ao final para fechar na frente de Diogo Graça – novamente o melhor em SX2 – que passou Luis Oliveira na 15ª das 20 voltas realizadas para fechar o pódio na frente de Basaúla que depois de descer ao décimo posto na terceira volta recuperou até à quarta posição final após passar Luis Oliveira a quatro voltas do fim. Ricardo Freire e Renato Silva voltaram a fechar na mesma volta do vencedor logo atrás de Oliveira para serem também parceiros de pódio de Diogo Graça na classe SX2.

Com uma prova por realizar Hugo Basaúla tem uma vantagem de 16 pontos face a Diogo Graça, que com uma moto da classe SX2 leva 14 pontos de vantagem face a Paulo Alberto, sendo Graça também o líder em SX12 e Basaúla em SX1.

A noite de Arões trouxe igualmente a primeira dupla vitória do ano nos Iniciados, com Ruben Ferreira a conseguir o feito para levar para a derradeira ronda trinta pontos de vantagem para Fábio Costa e Afonso Gomes, que vão certamente lutar de forma intensa na pista de Lustosa, o cenário do derradeiro duelo do ano. Sandro Lobo continua dono e senhor dos Infantis B e venceu pela sexta vez este ano levando para a derradeira corrida 18 pontos de vantagem sobre Tomás Santos, sempre segundo em todas as corridas até ao momento realizadas. Nos Infantis A foram vencedores Breixo Posada e Duarte Pinto, com este a comandar o campeonato com duas dezenas de pontos face a Simão Severino.

A derradeira e decisiva prova do campeonato realiza-se já no próximo Sábado em Lousada.

Please follow and like us:
Paulo Alberto vence em Arões
FMP