António Maio e Arnaldo Martins, actuais campeões nacionais nas duas rodas e nos moto4 respectivamente, venceram a Baja de Loulé, segunda jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno.

Depois de assumirem a liderança no final do primeiro dia de prova, no qual se realizou o prólogo e o primeiro sector selectivo, voltaram a afirmar a sua superioridade ao longo dos dois troços de 81,60 e 142,15 quilómetros que se disputaram durante o segundo dia. Se Maio terminou a Baja de Loulé com uma vantagem de 8m52s sob o segundo classificado, a diferença de Martins para o segundo posto foi de 2m49s.


Nas motos, e em segundo lugar terminou Mário Patrão, que venceu mais uma vez a categoria TT3 , terminando na frente de Martim Ventura, o vencedor da classe TT1. Terminaram separados por 33 segundo.

Entre os moto4, foi Fernando Cardoso quem terminou a prova algarvia na segunda posição com 42 segundos de vantagem sobre Filipe Silva.

A Baja de Loulé foi uma vez mais muito disputada entre os SSV, com a vitória a ficar definida nos derradeiros quilómetros para João Monteiro depois de no primeiro dia ter sido Ricardo Carvalho quem levou a melhor.

Já no segundo dia o líder da competição ao longo de quase todo o fim-de-semana, Ricardo Carvalho teve problemas de travões no derradeiro troço e perdeu o contacto com as posições cimeiras. Por outro lado, João Monteiro, que tinha terminado o primeiro dia em oitavo lugar, a 1m45s do líder da prova, foi o mais rápido em ambos os troços da segunda etapa, o que lhe permitiu chegar à vitória.

Os restantes dois lugares de pódio ficaram separados por apenas um segundo com Marco Silva a terminar no terceiro lugar, quando durante a maioria da prova algarvia segurou a segunda posição, ocupada no final desta competição, por Pedro Santinho Mendes.

Mário Franco foi o vencedor da Classe T2 para os SSV sem motorização Turbo.

O campeonato nacional de Todo-o-Terreno prossegue no final do mês, mais concretamente nos dias 28 e 29 de Abril, altura em que se disputa o Raid TT da Ferraria.

Please follow and like us:
Nacional TT 2018: Algarve recebeu segunda prova
FMP