Conhecida como a Reserva Natural de Enduro a vila da Lousã recebe no próximo fim‑de‑semana aquela que será a quarta e também a prova de viragem do Nacional de Enduro – CFL, pois está precisamente no ‘equador’ do campeonato.

Um campeonato nacional que conta já com quatro jornadas pontuáveis das quais resultaram três vencedores distintos, conseguindo Luis Oliveira, que este ano regressou à competição nacional, dois triunfos que o colocam na liderança do campeonato absoluto com 16 pontos de vantagem sobre Diogo Ventura, um dos membros do trio vencedor em 2018 em conjunto com Luis Correia, o vencedor na abertura do ano mas apostado no campeonato de MX.


Neste regresso aos trilhos da Lousã a caravana vai mais uma vez ser recebida pelo experiente Montanha Clube e todos os pilotos vão enfrentar um intenso dia de competição ao longo das quatro dezenas de quilómetros de cada volta, que serão percorridas por quatro vezes para os pilotos das classes Elite e Open, com as restantes classes a cumprirem menos passagens ao percurso.

O centro nevrálgico da competição será o Aeródromo da Lousã junto ao mesmo estarão duas especiais, a Cross Test e Extreme Test, com a Enduro Test a ser desenhada na Coelheira em Serpins. No Aeródromo estará igualmente instalado o ‘paddock’ e o Parque-Fechado.

MINI ENDURO EM ESTREIA
Ao lado do pelotão do Nacional de Enduro – CFL estarão os pilotos do Mini-Enduro que terão aqui a primeira prova do novo campeonato destinado a jovens com idade entre os oito e os 16 anos. Divididos em duas classes os participantes terão pela frente um percurso ao redor da dezena e meia de quilómetros, com passagem na Cross e Enduro Test do campeonato maior, total ou parcialmente. A classe 1 a motos até 65cc e motor a dois-tempos ou até 110cc com motor a quatro-tempos. A classe 2 destina-se a motos com motor dois-tempos até 85cc ou quatro-tempos até 150cc. O Montanha Clube preparou ao pormenor esta 22ª passagem do campeonato pelos seus trilhos e em terra de forte tradição endurista espera-se um fim‑de‑semana de grande festa e celebração do enduro.

Horários
21 de Abril (Sábado)

11h00 às 12h00 – Verificações Administrativas e Técnicas Mini – Enduro
14h00 às 17h00 – Corrida Mini – Enduro
16h00 às 19h30 – Verificações Administrativas e Técnicas Enduro

22 de Abril (Domingo)

08h00 às 09h00 – Verificações administrativas e técnicas Enduro
09h30 – Publicação da lista de participantes no quadro oficial de afixação (secretariado).
10h00 – Partida do primeiro concorrente

Please follow and like us:
Nacional Enduro – CFL 2018: Caravana ruma à Reserva Natural
FMP