_LD_1632

Depois de quatro anos de espera o agora denominado Crossódromo Internacional de Águeda surgiu ontem totalmente renovado e preparado para pela 21ª vez acolher uma prova do campeonato nacional de motocross sob a égide da FMP.

Apesar da chuva tímida que surgiu ao longo do dia de forma intermitente, foram muitos os milhares de espectadores que acompanharam a prova e mostraram que a modalidade continua a ter enorme popularidade na Bairrada. Cerca de 5.000 espectadores estiveram no recinto que com o seu renovado circuito com cerca de 1.700 metros de perímetro promete ser um dos mais espectaculares do campeonato do mundo com o Agueda Action Club a mostrar que está preparado para o regresso do MXGP a uma das suas catedrais.


Depois do aperitivo ter sido servido com as vitórias de Luis Outeiro em ambas as mangas de Iniciados, Pedro Carvalho na manga exclusiva MX2 e o regressado Paulo Alberto na manga de MX1, o prato forte foi sem surpresa a corrida que fechou esta sexta ronda do campeonato, com os melhores de MX2 e MX1 a preencherem quarenta lugares na grelha de partida do traçado bairradino.

O melhor no arranque foi Sandro Peixe mas ainda na volta inicial Paulo Alberto assumiu a liderança que não mais largou até à bandeira de xadrêz. Sandro Peixe não teve a sorte do seu lado e foi forçado a abandonar antes de estarem cumpridas as cinco primeiras voltas. O piloto ribatejano ocupava na altura o segundo posto.

Com o abandono de Sandro Peixe animou o duelo pela segunda posição. Hugo Basaúla tinha sido terceiro nas duas primeiras voltas até ser passado por Correia e depois de ambos terem sido na classificação por força do abandono de Peixe durante muitas voltas Basaúla tudo fez para encostar em Correia e tentar a ultrapassagem ao seu adversário, mas no final foi mesmo o líder do campeonato a fechar as 19 voltas no degrau intermédio de pódio na frente de Basaúla. No quarto posto ficou Diogo Graça, que venceu a classe MX2.

Um final de jornada alucinante onde Paulo Alberto esteve superior com mais uma dupla vitória e onde Luis Correia e Hugo Basaúla proporcionaram ao público mais um fantástico duelo que desportivamente terminou com um cumprimento entre ambos e que deixa antever um excelente fim-de-semana nos dias 1 e 2 de Julho aquando do regresso do campeonato do mundo à cidade de Águeda.

Please follow and like us:
MX Águeda: Mais uma festa do Motocross
Tagged on:     
FMP