Modalidades

 

Enduro e Motocross 2018: 1.750 euros no Challenge Polisport

Tal como aconteceu em 2017 a portuguesa Polisport volta em 2018 a promover o Challenge Polisport, mais uma vez direccionado ás classes Elite nos campeonatos nacionais de Enduro e Motocross.

Novamente serão discutidos 1.750 euros em cada disciplina, prémio a ser entregue no final do ano aos três primeiros classificados da classe. 1.000 euros para o primeiro, 500 euros para o segundo e 250 euros para o terceiro classificado, entregues de acordo com a classificação Elite no Enduro e no Motocross no somatório final de todas as corridas dos respectivos calendários.

Calendário Enduro

28 de Janeiro – Vila Nova de Santo André
25 de Fevereiro – Góis
24 e 25 de Março – Régua
22 de Abril – Lousã
20 de Maio – Águeda
17 de Junho – Souselas
14 e 15 de Julho – Valpaços

Calendário Motocross

4 de Março – Alqueidão
18 de Março – Freixo de Espada à Cinta
1 de Abril – Casais de São Quintino
8 de Abril – Marinha das Ondas
29 de Abril – Granho
20 de Maio – Moçarria
27 de Maio – Fernão Joanes
10 de Junho – Vieira do Minho
17 de Junho – Carrazeda de Ansiães

Gala dos Campeões 2017: Noite de consagração no Estoril

Após um ano de 2017 onde se realizaram mais de uma centena de provas desportivas válidas para os diversos campeonatos nacionais de motociclismo onde participaram os mais de 1300 atletas com licença desportiva, a Federação de Motociclismo de Portugal juntou ontem no Salão Preto e Prata do Casino Estoril os campeões nacionais da época, marcas, patrocinadores, entidades oficiais e os membros das diversas comissões das modalidades.

(mais…)

Basaula foi quarto em Birmingham

Aos comandos da sua Kawasaki e depois do brilhante terceiro lugar na semana anterior Hugo Basaula alcançou na terceira ronda do campeonato britânico Arenacross uma fantástica quarta posição para se manter na luta pelo título. No Genting Arena o campeão nacional esteve em plano de evidência mais uma vez e ruma a Belfast com apenas sete pontos de diferença para o primeiro da classificação geral.

Mais uma grande exibição de Basaula que continua a maravilhar os britânicos com a sua rapidez e espectacularidade.

MX e SX 2018: Calendários confirmados

_LD_1979

 

A pouco mais de um mês do arranque da época 2018 do Motocross Nacional, estão definitivamente alinhados os calendários dos diversos campeonatos de motocross (nacionais e regionais) bem como o nacional de supercross, novamente desenhado no mês de Agosto.

Com nove provas em agenda o Motocross Nacional será o primeiro a arrancar com a prova de Alqueidão, fechando em Junho na localidade de Carrazeda de Ansiães. Os campeonatos Infantis A e B e os Iniciados irão igualmente marcar presença em algumas das rondas do mesmo, dividindo algumas datas com os regionais.

(mais…)

Basaula no pódio do Arenacross

Aos comandos da sua Kawasaki Hugo Basaula esteve ontem na segunda prova do campeonato britânico Arenacross. Mais uma vez na classe PRO, a categoria rainha deste campeonato onde competem muitos pilotos que estão ou estiveram na linha da frente dos mundiais de MX e SX, o campeão nacional procura neste seu segundo ano no Arenacross melhorar o oitavo lugar que conseguiu em 2017.

O Metro Radio Arena em Newcastle recebeu a segunda ronda do calendário 2018 – com oito provas em agenda – e depois da oitava posição na prova inaugural Basaula assinou o seu primeiro pódio na competição demonstrando que ter ser protagonista neste ano de 2018.

O piloto português qualificou em terceiro na sua manga e na final lutou por um merecido pódio que promete ter repetição ao longo de um campeonato que tem provas quase de forma consecutiva em todos os fins-de-semana de Janeiro e que terminar apenas no mês de Março.

Certificação FIM Europe: Treinadores MX em seminário

TreinadoresFMP

No passado dia 28 de Dezembro teve lugar em Malaga um seminário promovido pela Federação de Motociclismo de Portugal e ministrado pela FIM Europe com o objetivo de certificar treinadores de motocross em dois níveis de preparação: MX-A e MX-B. O nível MX-A aplica-se a pilotos com algum conhecimento de competição e que queiram participar de forma ativa em corridas de Campeonatos Nacionais numa vertente amadora.

O nível MX-B já lecciona um programa mais avançado que passa pela aplicação de regras de nutrição, prevenção de lesões, primeiros socorros, anti-doping sendo destinado a pilotos que já tenham participações mais activas em diversos tipos de competição. Componente fundamental desta formação aa aprendizagem de técnicas de comunicação aplicadas no relacionamento pais/piloto.

(mais…)

FMP