Luís Oliveira regressou em grande estilo ao “Nacional” de Enduro, para vencer em Góis a primeira prova da temporada, em termos absolutos e na classe 1, com 10 segundo de vantagem sobre o melhor representante da classe 2, Luís Correia.

Após um ano a competir no Brasil, Luís Oliveira regressou às competições caseiras e triunfou na primeira saída. O piloto de Belas instalou-se no comando logo no segundo troço cronometrado e sustentou a liderança até final.

Em Góis, nesta primeira ronda do Campeonato Nacional de Enduro, alinharam 170 pilotos – 21 dos quais integrados nas duas categorias principais, Elite e Open. Este Domingo foi solarengo mas frio, com as homens das classes de Campeonato a cumprirem três voltas e mais dois CH ao percurso de 44 Km, incluindo doze passagens cronometradas equitativamente repartidas por três troços.

Na categoria Elite, Luís Oliveira apoderou-se do comando logo na segunda “especial”, e a meio da prova tinha 12 segundos de vantagem sobre Diogo Ventura e Luís Correia. Depois, Oliveira manteve estável a diferença para Correia, no final cifrada em 10,3s, enquanto Ventura perdeu algum tempo e acabou em 3.º, a 37s do vencedor. Nos lugares seguintes ficaram os actuais campeões das classes 1 e 2, respectivamente Joaquim Rodrigues e Gonçalo Reis.

Já na categoria Open, Pedro Oliveira foi o mais rápido nos primeiros dois troços, mas abandonou no início da segunda volta, quando João Vivas ascendeu ao comando para dominar as operações. Vivas foi o mais rápido em 8 das 12 passagens pelos troços cronometrados e venceu de forma categórica, com 1m05s sobre David Megre e 1m15s face ao 3.º classificado, Carlos Pedrosa.

No Troféu Verdes, em termos absolutos ganhou André Mouta (classe 1), com 3,9s de vantagem sobre André Almeida (classe 2), enquanto o 3.º colocado, Pedro Barros Leite (1) ficou a 23,2s e bateu por 2,1s o 4.º colocado, Márcio Antunes (2). O melhor da classe 3 foi Miguel Costa, no 9.º posto absoluto dos “Verdes”.

Vitórias folgadas conquistaram António Oliveira nos Veteranos, pois deixou 48,8s o 2.º colocado, Nuno Freitas, e João Saraiva nos Super Veteranos, ao bater Fernando Sousa por 2m06s. Mais ainda, entre as Senhoras Rita Vieira impôs-se por 3m37s a Joana Gonçalves, com esta a penalizar 6 minutos, enquanto na Enduro Cup Rodrigo Belchior bateu Tomás Clemente por 1m31s.

O Campeonato Nacional de Enduro prossegue exactamente daqui a um mês, a 8 de Março em Castelo Branco.

Please follow and like us:
Luís Oliveira regressa a vencer em Góis
FMP