88b1bb74-7466-4d95-a110-bd084fa2dca9

Quando está concluído o quinto dia da 92ª edição dos Internacional Six Days Enduro em Brive-La-Gaillarde as três selecções portuguesas presentes em prova continuam a manter as respectivas posições e os Séniores estão a um passo de repetir o quarto posto alcançado em 1999 quando a prova se realizou pela primeira vez em Portugal.

Com o sexto dia ainda pela frente a classificação poucas alterações deverá sofrer e o quarteto composto por Diogo Ventura, Luis Oliveira, Gonçalo Reis e João Vivas apenas com ‘golpe de teatro’ inesperado poderá perder essa mesma posição, o mesmo se passando com os Juniores e as Senhoras que mantiveram as suas posições globais a caminho de um final em beleza na competição mais importante do enduro mundial.

Individualmente os pilotos das nossas selecções estão igualmente em destaque e fruto de dois dias de ataque constante Luis Oliveira (113) é agora o melhor dos representantes nacionais ao ocupar a 25ª posição da classificação geral e o nono posto da E2, classe onde está igualmente Diogo Ventura que é o 27º da geral e 11º da classe a apenas quatro décimas de segundo de entrar nos dez primeiros.

O mote de Oliveira e Ventura tem servido igualmente de inspiração e motivação a João Vivas e Gonçalo Reis, com o primeiro a ser o 47º na sua primeira participação na classe rainha dos ISDE, com Rei a ser o 56º. A caminho do final da prova também Tomás Clemente e Manuel Teixeira se mostram regulares, com o primeiro a ocupar a 87ª posição e o segundo a fechar o quinto dia no 91º posto da geral.

As senhoras continuam igualmente em prova, num brilhante sétimo posto e hoje Flávia Rolo ganhou mesmo um posição, com Rita Vieira e Bruna Antunes a manterem os lugares que ocupavam anteriormente.

Amanhã realiza-se a tradicional especial final, com sucessivas corridas de motocross que pouco ou nada alteram por norma na classificação geral por equipas e na qual são esperados mais de 20.000 espectadores para celebrar com as equipas francesas as vitórias nas duas classes principais e também na geral individual, que passou a ser ‘propriedade’ de Loic Larrieu. Será como é hábito o dia de festa dos International Six Days Enduro.

CLASSIFICAÇÕES APÓS DIA 5

WORLD TROPHY
1º França com 12h14m51.69s
2º Austrália a 7m32.75s
3º Finlândia a 9m57.92s
4º Portugal a 24m32.17s
5º Inglaterra a 29m09.63s

JUNIOR TROPHY
1º França com 9h21m41.21s
2º Itália a 28.36s
3º Estados-Unidos a 2m09.34s
4º Inglaterra a 6m22.98s
5º Espanha a 10m20.65s
13º Portugal a 10h14m13.12s

WOMEN TROPHY
1º Austrália com 6h48m48.95s
2º Estados-Unidos a 7m00.57s
3º França a 24m44.68s
4º Suécia a 33m00.81s
5º Itália a 44m49.03s
7º Portugal a 1h27m06.14s

INDIVIDUAL
1º Loic Larrieu – França 3h00.59.68s
2º Josep Garcia – Espanha a 53.82s
3º Taylor Robert – EUA a 1m15.86s
4º Daniel Milner- Austrália a 1m31.59s
5º Davide Guarneri – Itália a 1m40.60s
25º Luis Oliveira a 6m16.50s
27º Diogo Ventura a 6m26.98s
47º João Vivas a 10m20.72s
56º Gonçalo Reis a 12m20.94s
87º Tomás Clemente a 24m39.41s
91º Manuel Teixeira a 26m42.37s

SENHORAS
1ª Laia Sanz – Espanha com 3h19m33.18s
2ª Tayla Jones – Austrália a 1m33.89s
3ª Brandy Richards – EUA a 6m30.79s
4ª Jessica Gardiner – Austrália a 8m08.70s
5ª Kacy Martinez – EUA a 11m53.58s
16ª Rita Vieira a 39m01.23s
18ª Bruna Antunes a 57m47.50s
20ª Flávia Rolo a 1h27m56s

Please follow and like us:
ISDE 2017: Portugueses a um passo de repetir resultado histórico
Tagged on:             
FMP