Modalidades

 

Enduro – CFL 2017: Campeões em Águeda

No fecho de mais uma competitiva época de enduro a cidade de Águeda e o dinâmico Águeda Action Club foram anfitriões dos derradeiros dois dias da época. Uma jornada dupla – a segunda do ano – realizada sob temperaturas elevadas ao longo de um percurso com meia centena de quilómetros onde estavam desenhadas as três especiais que fizeram parte do ‘programa’ deste fecho de época 2017.

Com o título já nas mãos de Diogo Ventura o piloto de Góis voltou a assegurar o triunfo em ambos os dias para fechar o ano invicto. No primeiro dia Ventura fechou a jornada com mais de 36 segundos de vantagem sobre Gonçalo Reis, cabendo a Diogo Reis a terceira posição, ele que recentemente se sagrou campeão nacional de Super-Enduro.

(mais…)

Nacional Enduro – CFL 2017: Campeonato fecha em Águeda

Depois de uma longa paragem no período estival e também para que as selecções nacionais estivessem nos International Six Days Enduro, o campeonato nacional de enduro cumpre no próximo fim-de-semana a derradeira prova da época 2017.

Com dois dias de duração (Sábado e Domingo – 7 e 8 de Outubro) a prova desenhada pelo Agueda Action Club terá início ás 12 horas no Sábado e ás 10 da manhã no Domingo, tendo os pilotos presentes que enfrentar um percurso com cerca de meia centena de quilómetros nos quais estarão as três especiais (Enduro, Cross e Extreme).

(mais…)

ISDE 2017: Portugal reedita melhor resultado de sempre

Terminou hoje em Brive-La-Gaillarde a 92ª edição dos International Six Days Enduro e 18 anos depois de Coimbra a equipa portuguesa sénior voltou a alcançar o quarto posto final, a melhor prestação de sempre uma uma equipa portuguesa.

Luis Oliveira, Diogo Ventura, Gonçalo Reis e João Vivas foram os quatro magníficos que durante toda a semana enfrentaram quase 250 quilómetros diários de prova, uma mão cheia de especiais dia após dia, temperaturas muito elevadas e muito pó. Sem problemas o quarteto foi liderado por Luis Oliveira no final da competição, com este a discutir mesmo um lugar entre os dez melhores na classe E2, tal como Diogo Ventura, posição que no entanto não conseguiram manter no final deste derradeiro dia com Luis Oliveira a terminar na 11ª posição e Diogo Ventura no 14º posto no final de uma prestação global onde mostraram toda a sua rapidez perante os melhores pilotos do mundo. Em dia de festa também João Vivas e Gonçalo Reis colocam os seus nomes na história da modalidade em Portugal, com Vivas a ser o 47º e 18º da classe E1 e Gonçalo Reis em 57º, ele que fez aqui a sua estreia com uma moto da classe E3, a categoria maior em termos de cilindrada dos motores das motos, fechando no 15º posto da classe.

(mais…)

ISDE 2017: Portugueses a um passo de repetir resultado histórico

88b1bb74-7466-4d95-a110-bd084fa2dca9

Quando está concluído o quinto dia da 92ª edição dos Internacional Six Days Enduro em Brive-La-Gaillarde as três selecções portuguesas presentes em prova continuam a manter as respectivas posições e os Séniores estão a um passo de repetir o quarto posto alcançado em 1999 quando a prova se realizou pela primeira vez em Portugal.

Com o sexto dia ainda pela frente a classificação poucas alterações deverá sofrer e o quarteto composto por Diogo Ventura, Luis Oliveira, Gonçalo Reis e João Vivas apenas com ‘golpe de teatro’ inesperado poderá perder essa mesma posição, o mesmo se passando com os Juniores e as Senhoras que mantiveram as suas posições globais a caminho de um final em beleza na competição mais importante do enduro mundial.

(mais…)

ISDE 2017: Portugueses seguram posições em dia de chuva

DSC_7946

Na quarta jornada dos International Six Days 2017 a chuva chegou a Brive-La-Gaillarde durante a noite e tornou os cerca de 250 quilómetros do novo percurso e as suas especiais mais escorregadias, com as mesmas a secarem ao longo do dia depois da manhã ter presenteado os sobreviventes com temperaturas mais amenas e a ausência do pó que tantas dificuldades tem causado aos pilotos.

Nas contas globais as três selecções nacionais mantiveram as suas posições sendo que a equipa sénior manteve a quarta posição com os cinco minutos de vantagem para os quintos, os britânicos. Neste quarto dia Luis Oliveira foi o melhor representante luso numa ronda onde Diogo Ventura sentiu mais dificuldades com as especiais mais escorregadias. Gonçalo Reis trocou de suspensão na sua moto e esteve mais à vontade e João Vivas manteve o ritmo que evidencia desde o dia de arranque da prova, com os lusos a ocuparem uma posição de destaque que os faz sonhar com um bom resultado final antes do penúltimo dia de competição.

(mais…)

ISDE 2017: Armada lusa reforça posições

DSC_8265

Ao terceiro dia de competição os International Six Days Enduro viram as três selecções portuguesas presentes na prova manter as suas posições entre o pelotão das três categorias mais importantes da 92ª edição desta maratona que termina apenas no Sábado.
No dia que marcou o final da primeira metade da competição a organização desenhou um percurso totalmente novo, com pouco menos de 250 quilómetros e mais uma vez com cinco especiais cronometradas. A formação Sénior de Portugal confirmou o quarto posto que assumiu no final do dia de ontem e é nessa mesma posição que se mantém com mais de cinco minutos de vantagem para os ingleses. Os Juniores – que perderam ontem André Martins – continuam a ocupar a 13ª posição e estão a cinco minutos do 12º lugar, enquanto que as Senhoras estão no sétimo posto da geral a seis minutos do sexto posto.

(mais…)

FMP