e8d6b9c1-956f-409a-82d9-ca6277c147b9

Pela segunda vez em 2018 o campeonato nacional de velocidade visitou o traçado do Autódromo Internacional do Algarve que com os seus 4652 metros acolheu novamente toda a caravana dividida pelas diversas categorias que integram o campeonato. No total foram mais de oito dezenas de pilotos que estiveram em pista, cabendo novamente ronda dupla aos pilotos da classe maior, as Superbike, lado a lado com as Superstock 600, desta vez com menor número de pilotos.

Com o programa a ser dividido pelos dois dias (Sábado e Domingo), foram sempre as Superbike e as Superstock 600 a fechar o programa e depois das vitórias divididas entre Tiago Magalhães e Ivo Lopes na ronda anterior realizada no Estoril e também ela dupla para estas categorias.


Depois de ter conseguido a ‘pole’ para ambas as corridas Ivo Lopes somou vitórias no final de ambos os duelos realizados em Portimão, liderando 14 das 15 voltas da primeira corrida, para na derradeira – realizada na tarde de Domingo – comandar em todas as passagens pela meta para cruzar a linha sempre na frente de Tiago Magalhães e André Pires, pilotos que estiveram no pódio no final de duas corridas onde o melhor das Superstock 600 foi Eduardo Cabreira com sempre distinta MV Agusta de três cilindros.

Na lista de vencedores da prova organizada pelo AIA Motor Clube, que no próximo mês de Setembro recebe novamente o mundial Superbike, entraram igualmente Marco Mateiro nas Moto4, Madalena Simões – sobrinha do ex-campeão nacional Rui Simões – nas Moto5. Samuel Lochoff venceu nas Supersport 300 e Angel Dominguez nas Pré-Moto3.

No sempre animado Troféu ENI – Taça Luis Carreira, que divide a pista com a aguerrida ZCup, foi Miguel Vilares quem cruzou a linha de meta na primeira posição das ‘naked’ japonesas no final de ambos os confrontos na pista sulista, sendo imitado por Ricardo Almeida na classe SBK do Troféu ENI – TLC. André Capitão venceu nas SS e Armindo Neves nas Open igualmente em ambas as corridas, o mesmo se passando na Copa Dunlop Motoval, com vitórias de Filipe Lourenço e Dani Trelles nas suas classes na primeira corrida, posição que Trelles repetiu no segundo duelo, mas desta feita com a companhia de Alexandre Rosado na classe reservada ás motos de maior cilindrada. A próxima ronda do campeonato será realizada no Circuito do Estoril.

Please follow and like us:
CNV 2018: Segunda visita a Portimão
FMP