Decorreu o Décimo Terceiro Dia do Motociclista, este ano em Faro.

Desde sempre estas celebrações tiveram o cunho de reunirem todos os motociclistas ao redor de um único evento que lembremos a memória de todos os companheiros das duas rodas e a festa da vida das motas. Dentro do contexto cultural em que vivemos, seguiu-se os moldes actuais com a preocupação que seja cada vez mais enriquecida, quer a nível da celebração, quer a nível de local que a acolha. A maneira de o celebrar poderia ser outro e até pode ser outro, desde que os objectivos iniciais estejam presentes na celebração que se faça e onde possa acontecer.

(mais…)

Please follow and like us:

Outono é com os Conquistadores de Guimarães

Muito participado, o 11º moto-rali vimaranense fechou com chave de ouro o já 15º Troféu Nacional de Moto-ralis Turísticos BMW-Michelin da FMP, graças a um formidável percurso do Barroso à Cabreira, com especial incidência nos concelhos de Boticas e Póvoa de Lanhoso.

Muito participado, o 11º moto-rali vimaranense fechou com chave de ouro o já 15º Troféu Nacional de Moto-ralis Turísticos BMW-Michelin da FMP, graças a um formidável percurso do Barroso à Cabreira, com especial incidência nos concelhos de Boticas e Póvoa de Lanhoso.

 

Denominada “Da Maria do Monte à Maria da Fonte”, a rota de cerca de 153 km divididos por sábado e domingo consolou os 84 participantes em 58 motos vindos um pouco de todo o país. As cores outonais já são imagem de marca destas organizações dos Conquistadores de Guimarães e ninguém se cansa delas.

 

Os mototuristas vimaranenses também tem outra tradição: a de começar o seu MR no preciso local onde terminaram o anterior. Desta forma, as termas de Chaves e o local onde os termalistas vão beber as águas medicinais serviram de ponto de secretariado e partida.

 

A boa disposição era muita e os actuais detentores do Troféu, Fernando e Carla Silva do CM S. Miguel brincavam com Rui Pinheiro e Olga do MC Porto pois apenas tinham dois pontos a separá-los na frente da classificação do troféu. A atenção à história, costumes e património da região iria ser redobrada.

 

E o que foi alvo da atenção de todos foram os grandes panoramas do vale do Tâmega. O road-book praticamente começou com sete quilómetros na antiga linha do “Velho Texas”, o velhinho comboio que deixou de percorrer há vinte anos os carris entre Chaves e Régua.

 

Agora passam as motos no caminho de terra, entre carvalhais, castanheiros e medronheiros. O habitat está tão bem preservado em alguns espaços que os organizadores chegaram a avistar um corço nos reconhecimentos.

 

Um grande começo! E, de aldeia em aldeia, lá se chegou a Boticas onde o próprio presidente da câmara, Fernando Campos, grande anfitrião da partida do Lés-a-Lés 2009, apreciava a animação no centro da sua vila barrosã.

 

Com o almoço saboreado, as mais de 60 motos (se contarmos os organizadores, sempre afanosos para se colocarem em locais estratégicos, de indumentárias típicas ou divertidas) fizeram-se às aldeias mais altas de Portugal, a par das da serra de Montemuro e Sabugueiro. Atilhó conheceu um rebuliço divertido, o Castro de Carvalhelhos também, as termas com o mesmo nome idem aspas e, de seguida, os participantes entraram na sucessão de albufeiras e barragens rumo à Póvoa de Lanhoso. Alto Rabagão, Venda Nova, Salamonde e Ermal marcaram a cadência numa tarde muito rolante e sinuosa, com agradáveis momentos de condução em excelentes estradas de curvas bem desenhadas. Os dias estão curtos e como tal, pelas 17.30h já todos provavam castanhas e verde tinto na vila de Maria da Fonte.

 

Com o jantar vivido e convivido, os Conquistadores levaram o grupo para nova surpresa: um serão teatral com espectáculo de marionetas de encenação original. Boa aposta!

 

O sábado estava passado deixando um grande passeio na memória

 

O domingo já acordou morrinhento e chuvoso. Mas o desafio era curto, de apenas 12 quilómetros às voltas pela vila de Póvoa de Lanhoso. Esta povoação tem pormenores curiosos. Casas edificadas em grandes penedos, outras com muita madeira à vista e ruelas bem estreitinhas, à medida das nossas motos.

 

Fomos conhecer os bastidores do teatro onde tínhamos estado há horas e subir ao Castelo de Lanhoso, de localização magnífica. Está edificado nada mais nada menos do que sobre o maior monólito granítico da Península Ibérica. E encerra actualmente um museu interessante.

 

Logicamente que todas estas etapas são condimentadas com organizadores de trajes medievais, folclóricos ou castrejos, que constantemente nos põem à prova com jogos de habilidade ou perguntas sobre os sítios por onde andamos.

 

Com a visita aos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso – magnífica frota de carros actuais e antigos – o moto-rali terminou com a foto de grupo nos Passos do Concelho e almoçarada perto.

 

Aqui premiaram-se os mais atentos. Rui e Olga Pinheiro voltaram a vencer este MR vimaranense mas este ano por um mísero pontinho. Foi o suficiente para destronar Fernando e Carla Silva do trono e serem a segunda equipa do MCP a vencer um Troféu de Moto-ralis Turísticos da FMP.

 

O motoclube da Invicta também foi o mais pontuado de 2011 mas os Conquistadores de Guimarães, com 49 equipas participantes ao longo do ano, voltou a arrebatar o prémio de clube mais participativo pelo terceiro ano consecutivo.

 

Na classificação extra para condutores de motos BMW, a vitória de Gil Alcoforado e Clara Falcão, do MC Porto, não foi suficiente para alcançar João e Carla Krull, do MC Albufeira. Este casal não pôde estar presente e receberá um útil saco BMW para a moto na Assembleia Geral da FMP, a 10 de Dezembro, no Estoril.

 

O almoço terminou em festa e abraços, bom augúrio para 2012 e 16º Troféu MR da FMP.

 

A Federação aproveita para agradecer à BMW e Michelin o forte apoio dado ao longo do ano, aos oito motoclubes que puseram de pé o Troféu e às 346 equipas que fizeram deste ano, um dos Troféus mais participado de sempre.


Conquistadores levaram o seu moto-rali às terras da Maria da Fonte


Partida em Chaves antevia grande duelo


Na Ponte Pedrinha sobre o Beça em Boticas


A linha ferroviária do Corgo agora é um museu


Os Conquistadores descobrem sempre troços deliciosos


Partida brincalhona para a segunda etapa


Os Conquistadores descobrem sempre troços deliciosos


Para a posteridade em Póvoa de Lanhoso


Os mais regulares e participativos do Troféu MR 2011 BMW-Michelin

Please follow and like us:

Mototurismo adulto regressa ao berço

Num hino à requalificação do centro histórico da Cidade Berço, os Conquistadores MC Guimarães divertiram e cativaram os 70 participantes da quinta e última passeata do 16º Troféu Nacional de Moto-ralis Turísticos BMW-Michelin da FMP no fim de semana outonal de 10 e 11 de novembro de 2012.

Sempre fiéis aos seus pergaminhos de começar o trajeto no local onde encerraram a rota do ano passado, foi diante da Câmara Municipal de Póvoa de Lanhoso que se deu a partida a um périplo curto em termos de quilómetros (115 no sábado e 26 no domingo) mas compridíssimo em tempo já que o interminável road-book contava 35 páginas e muitas centenas de viragens.

 

Sim, o percurso levou os mototuristas pelas jóias rurais mais bonitas e desconhecidas deste concelho e também pelo de Vizela e Guimarães, claro. Sempre entre espigueiros, palheiros, quintas e casas senhoriais, onde o granito contrastava com os tons dos castanheiros e carvalhais, numa humidade constante que nos fazia derrapar pneus sobre a manta morta caída nos asfaltos e empedrados. Uma delícia de itinerário, mesmo sob o tempo chuviscoso de sábado.

 

Passamos a artesãos e casas que tinham tanto de humilde como de hospitalidade. Tomamos café aquecido em pote de ferro, desenhamos moinhos, pedalamos na Penha. A bacia hidrográfica do Ave consolou-nos a alma, com ribeiros cheios de força e bem audíveis nos açudes. Transpusemos quatro pontes medievais, calçadas e até alguns lameiros, obrigatórios para chegar aos pontos mais bonitos. Provou-se o Verde em duas quintas produtoras, doces em fábricas pasteleiras, dispararam-se flechas no Campo do Ataca – onde se terá dado a Batalha de S. Mamede – e fuzilou-se o “Passos Coelho” com armas de paintball. Pintaram-se corações da Capital Europeia da Cultura e, claro está, passou-se revista aos melhores centros de exposições sob esta égide. Se alguns nos deixaram desconcertados, outros impressionaram pela qualidade e interesse como a coleção de máscaras tribais africanas de José de Guimarães!

 

Obviamente, no jantar de sábado a animação reinava no restaurante escolhido na zona histórica.

 

E os bares do fabuloso centro de Guimarães continuaram a promover o convívio entre estes mototuristas oriundos de onze motoclubes de todo o país.

 

Mais citadina, a etapa dominical, brindada por sol radioso, ofereceu um divertimento pegado graças à imaginação e pesquisa de Cláudio Canha, o “explorador” vimaranense que não perdoa quelho algum.

 

Uma autêntica aula de condução, entre vielas e cangostas, quase a obrigar a tirar malas laterais para passar aos becos mais manhosos e incríveis. Tudo num cenário de fachadas polvilhadas de varandas de madeira, bandeiras, fotos artísticas e muita cor. Um luxo. E já agora, com incursões oxigenantes a prados, ao rio de Selhe e à sede dos Conquistadores, uma casinha rural e acolhedora em pleno campo.

 

O ex-líbris? Termos andado a cavalo! Após os Motogalos de Barcelos nos terem proporcionado a experiência da moto de água no seu evento, agora foram os Conquistadores que nos trocaram tanta cavalada por um único animal, bonito e dócil, com que todos os motociclistas conseguiram fazer oitos no picadeiro.


No final, Rui Pinheiro e Olga, do MC Porto, Rui Oliveira, “da casa” e Fernando e Carla Silva, de Tomar, revelaram-se mais eficazes no acerto às perguntas e tarefas deste moto-rali. Mas foram mototuristas do litoral centro do país a vencer o 16 Troféu MR, terminado no sumptuoso salão do Restaurante Papaboa.

 

Vasco Simões e sua filhota Bruna, de 11 anos, levaram para o Clube Motabout de Vieira de Leiria o troféu de equipa mais certinha de 2012. Rui Pinheiro e Olga, vencedores em 2011, desta vez ficaram pelo segundo degrau do pódio

 

Fernando e Carla Silva conseguiram o terceiro lugar, eles que já triunfaram em 2010.

 

O motoclube da Cidade Invicta foi o mais participativo e o Motabout o que mais pontos conquistou ao longo deste e dos outros quatro passeios de 2012, na Ria de Aveiro, Serra da Gardunha, Golegã e Barcelos.

 

2013 afigura-se risonho e anti-crises. Oito motoclubes de Trás-os-Montes ao Algarve estão com vontade de trabalhar e dar a conhecer. Este formato de passeios sai do corpo aos organizadores mas é bastante gratificante.

 

Os participantes embrenham-se nas regiões e temas. Espreitam, observam e aprendem. Cada moto-rali é uma aula.

 

A Federação de Motociclismo de Portugal agradece à BMW e Michelin o forte apoio dado ao longo do ano, aos cinco motoclubes que puseram de pé o Troféu e às mais de 200 equipas que saborearam o 16º Troféu de Moto-ralis Turístico. Venha o 17º!


Final em beleza para o Troféu MR 2012


Os Conquistadores mostram sempre os mais bucólicos caminhos


A artesã e a mototurista


Neste MR andou-se a cavalo


Mototurismo na Capital Europeia da Cultura


O pódio do Troféu MR 2012

Please follow and like us:

Mototurismo nacional celebrado no Douro

O vale do Douro Vinhateiro foi emblemático no final do 17º Troféu Nacional de Moto-ralis Turísticos BMW-Michelin da FMP pois foi o cenário do termo da 8ª e última jornada 2013, tal como já tinha sido dos outros dois eventos mais participados do ano.

Desta vez, foi pelo road-book dos Conquistadores Moto Clube de Guimarães (CMCG) que lá foram parar os mais de 100 inscritos em 59 motos – fora a numerosa e competente organização – num moto-rali denominado “Direitinhos à Régua” e que começou na Cidade Berço no início de sábado, 9 de novembro.

Esse mesmo sábado morrinhento, chuvoso e de nuvens baixas, não deixou contemplar devidamente os muitos e bons pormenores que os CMCG deram a conhecer ao longo de 110 km bem sinuosos dos concelhos de Guimarães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Baião, Mesão Frio e Régua.

Outono anti-fotogénico

Páginas e páginas de notas fizeram os mototuristas virar a cada esquina para fugir ao banal, industrial e movimentado, passando em deliciosas aldeias, hortas, bosques e ermidas. Se a Rota do Românico e vale do Vizela já eram agradáveis, a partir do Tâmega e Marco de Canaveses o itinerário ainda ficou melhor. A serra da Aboboreira e seu casario granítico transportaram-nos para uma toada rude e carismática. Começou-se a sentir o outono, os ouriços dos soutos, os medronheiros carregados de frutos vermelhos e gulosos e os carvalhais a mudar de cor.

Mas o céu cinzento, sempre baixo e maçador, não deixava apreciar tudo devidamente. Nem fotografar como se gosta.

O que vale é que estes mototuristas de todo o Portugal Continental estão habituados a isto. Sempre bem dispostos e às molhadas, lá iam seguindo as notas, tirando dúvidas e respondendo a perguntas bem como ultrapassar as tarefas. Como a que a freira e Sr. Bispo nos pediram na Sra da Aparecida: subir e descer a escadaria da igreja com o andor à cabeça sem deixar cair a santa. Fez-se assim a homenagem aos gigantescos andores de mais de 20 metros de altura que dão fama  à Sra da Aparecida. Mas esta vilita de Lousada, para nós, é mais conhecida pelas suas incríveis corridas piratas de motos. E nem uma volta ao circuito demos…

A almoçarada em Baião teria sobremesa no Doce da Teixeira e aperitivo na Adega de Mesão Frio. Não falta nada! Mais umas bifanas aqui e um fígado de cebolada acolá. E pelo meio, o ex-libris do dia: vermos o Sr. Eduardo Cardoso, o verdadeiro bengaleiro, a dobrar um rijo pau de cerejeira sem o partir. Com uma técnica ancestral, dobrou o cabo da bengala à frente dos motociclistas, numa técnica engenhosa e que deixou todos de boca aberta. Sim, àqueles carregados de tablets, câmaras, gps e outros aparelhómetros e que apinhavam a velhinha oficina no meio do monte, em Gestaçô, Baião.

Por estas alturas do ano a noite cai cedo, principalmente em dias destes. E a chegada à Régua fugiu ao escuro, permitindo muito convívio antes do jantar, refeição onde foram sorteados muitos equipamentos motociclísticos e a FMP distribuiu os sete vouchers aos vencedores dos respectivos passeios já disputados deste troféu 2013. Vouchers de 200 euros em equipamentos e acessórios BMW. Vitor Olivença e Filipa Barata receberam um, Fernando e Carla Silva foram para casa com dois e Rui Oliveira e Vera Cardoso, do Góis MC, arrebataram quatro, graças ao “póquer” feito nas últimas jornadas do troféu.

Domingo no subsolo

Se o sábado obrigou a muita condução, o domingo nem deixou as motos aquecer. Uns míseros 11 km foram suficientes para nos deslocarmos à Barragem de Bagaúste e terminar na Quinta de S. Domingos, produtora do Vinho do Porto Castelinho.

A visita à central hidroelétrica construída a montante do peso da Régua demorou hora e meia de sobe e desce de escadarias, túneis apertados e salões tão amplos onde poderia levantar um helicóptero ou fazermos corridas de motos. A barragem é um mundo. Calcorreamos as pedras do antigo leito do rio, agora seco e morto como um cemitério. Vimos as turbinas a funcionar e saímos de novo para a luz do dia.

Mais um brinde e tirou-se a foto de grupo ainda com o paladar do Castelinho.

A almoçarada final correu bem e a entrega de prémios celebrou as caras do costume.

Rui Pinheiro e Olga, do MC Porto, voltaram a ser os mais certinhos como em 2012. Eduardo Cardoso e Fernanda Silva dos Motards do Ocidente e Fernando e Carla Silva, do GAPE, seguiram-se no “pódio” dos que acertaram mais vezes nas muitas questões turísticas e culturais do percurso.

Rui e Vera levam Troféu para Góis

Chegou a vez da Federação distinguir os “mais” de 2013. E o Góis MC já pode dizer que também tem vencedores de moto-ralis turísticos. O Rui Oliveira e a Vera Cardoso controlaram a “pressão” e saborearam o troféu. E mais um voucher BMW, desta vez de 600 euros!

O Fernando e Carla ficaram em segundos e o Vitor Olivença e Filipa em terceiros, num despique saudável que começou em fevereiro, no MR do Clube Varadero Crosstourer.

Este troféu 2013 mostrou ser de retoma, com mais passeios (8) e muitos mais equipas participantes: 311 para as 215 de 2012. Os Conquistadores contribuíram bastante com 47 equipas a participarem ao longo do ano, levando o merecido prémio, à frente do MC Porto com 32, MC Vale do Sousa – uma surpresa – com 31 e CVC com 30.

Quanto a clubes mais pontuados, o MC Porto levou a melhor ao Góis MC.

Refira-se que neste 17º Troféu BMW Michelin, os três passeios que decorreram no Alto Douro Vinhateiro (Porto, Barcelos e Guimarães) tiveram muitos mais participantes que os outros cinco juntos. A região está mesmo apelativa como se congratulou ao microfone o Dr. Manuel Saraivo, da Câmara Municipal do Peso da Régua.

2014 a Norte e Centro

Para 2014 a FMP está a preparar o calendário do 18º Troféu turístico com boas expectativas a centro e norte. O Góis MC quer voltar como organizador, compensando o ano sabático a que se propõe o MC Albufeira.

Clubes organizadores e Comissão de Mototurismo da FMP reunião em breve para tornar cada vez mais apelativa esta tão peculiar forma de passear e conhecer cada vez mais apelativa. Este formato de evento, trabalhoso para uma organização, é o que oferece passeios mais intensos, sem tempos mortos e onde o participante mais aprende.


Excelente final de troféu na Régua


Os mais certinhos e direitinhos do Troféu MR 2013


Início no Centro Histórico de Guimarães.


Início no Centro Histórico de Guimarães


carregar o andor Na Sra da Aparecida


Contrastes em Sobre Tâmega.


Aprendemos a vergar bengalas em Baião


Viva a Cooperativa de Mesão Frio


Vouchers BMW para os vencedores dos 7 MR já disputados


Domingo matinal pelo Douro


Domingo matinal pelo Douro


Visita à Barragem de Bagaúste


No subsolo na Barragem de Bagaúste


Domingo matinal pelo Douro.


Final na Quinta de S Domingos


Pódio do MR Conquistadores 2013

Please follow and like us:

Donut chocolate bar

Chocolate sweet roll cupcake jujubes bear claw sugar plum. Sugar plum fruitcake sesame snaps oat cake halvah donut toffee. Tiramisu dragée chocolate apple pie liquorice. Donut unerdwear.com dessert cheesecake lemon drops muffin. Tiramisu halvah halvah unerdwear.com soufflé. Soufflé gummi bears unerdwear.com sweet roll. Dessert cookie bear claw liquorice. Bonbon gummi bears chocolate halvah cookie unerdwear.com biscuit. Chupa chups danish jelly sugar plum. Jelly-o jelly beans oat cake. Gingerbread jelly chupa chups. Apple pie carrot cake toffee tootsie roll. Biscuit carrot cake marshmallow powder pastry.

Donut chocolate bar muffin jelly-o apple pie jelly-o. Pudding topping soufflé macaroon pie icing sweet roll candy canes. Jujubes dragée oat cake biscuit. Apple pie carrot cake wafer candy chocolate caramels. Liquorice fruitcake pie jujubes pie. Jelly-o chupa chups sugar plum powder dessert. Tart topping icing chocolate cake cheesecake. Cupcake lollipop danish brownie ice cream unerdwear.com. Icing macaroon tiramisu pie sweet roll muffin jelly bear claw. Chocolate powder bear claw jelly beans lollipop topping jujubes. Biscuit topping marshmallow sweet cupcake muffin fruitcake sweet roll carrot cake. Brownie icing halvah bear claw gummi bears jelly-o. Donut dragée lemon drops cookie jelly beans.

Please follow and like us:
FMP