Logo 19 L-a-L 2017 (Hi-Res) RGBApresentado oficialmente no Grande Hotel do Luso onde foi desvendado novo formato e alguns dos locais de passagem, o 19.º Portugal de Lés-a-Lés inicia ‘nova etapa’ às 12 horas de quarta-feira, momento de abertura das inscrições para a maratona mototurística organizada pela Federação de Motociclismo de Portugal.

Limitadas a 1500 participantes – número que promete ser atingido muito antes da data limite, a 30 de abril – as inscrições só poderão ser feitas online através da página www.les-a-les.pt e custam 150 euros, exclusivamente para detentores do Cartão de Motociclista da FMP.

A edição 2017 do Portugal de Lés-a-Lés será a mais extensa de sempre, ligando Vila Pouca de Aguiar a Faro ao longo de 1100 quilómetros, percorrendo, de 14 a 17 de junho, algumas das mais pitorescas estradas nacionais, regionais e municipais. E até uns quantos caminhos não pavimentados, em fáceis estradões de terra para chegar aos locais mais inóspitos e surpreendentes, sempre longe das autoestradas, Itinerários Principais, Secundários e outros sinais de modernidade rodoviária. Pelo caminho, paragem no Fundão e Elvas em figurino que contempla três etapas e um Passeio de Abertura, espécie de prólogo no concelho aguiarense. Etapas mais curtas, em aventura de acrescida intensidade mototurística à descoberta de um país realmente singular apresentada no Grande Hotel do Luso e onde foram realizadas as primeiras 250 inscrições.

Depois das 24 horas consecutivas na travessia entre extremos do mapa nacional nos quatro primeiros anos, a quinta edição passou a contar com duas etapas que permitiram descobrir o centro do País, até então sempre atravessado durante a noite. Em 2007, a grande passeata pelo concelho de Arcos de Valdevez. prevista para a primeira etapa, acabou por transformar-se numa espécie de prólogo, cujo sucesso ditou continuidade deste formato até 2016. Agora, e para que o Lés-a-Lés não seja vítima do próprio sucesso, aumentando também a própria qualidade do passeio, foi adotada nova configuração. Que evitará partidas tão madrugadoras como em 2016 no evento patrocinado pela BMW, BP e Dunlop, quando o enorme pelotão 1500 motos e 1650 motociclistas começou a sair de Albufeira às 5.30 horas com muitas equipas a chegarem ao Luso, no final da primeira etapa, bem depois do pôr-do-sol.

O Gabinete de Imprensa

19.º Portugal de Lés-a-Lés

O percurso do Lés a Lés 2017

O percurso do Lés a Lés 2017

Please follow and like us:
FMP