3HorasEstoril2017

A sociedade Mário Alves e Nelson Rosa conseguiu hoje no Circuito do Estoril a vitória naquela que foi a primeira corrida de velocidade do ano. Com organização a cargo do Motor Clube do Estoril e apoio da Motoval a prova teve 3 horas de duração e com a presença de 14 formações marcou o arranque da época nos circuitos de asfalto.

No final da qualificação a Yamaha R1 da equipa Yamaha/Reigoto/JBS estava na primeira posição – definida pelo média dos tempos feitos por dois pilotos – na frente da BMW da SBK Team e da moto da equipa de Mário Alves. Eram estes os três primeiros na grelha de partida estilo Le Mans e na qual não esteve a moto da FSB que abandonou no final dos treinos cronometrados, baixando o número de participantes para 13, logo de seguida reduzido para 12 quando a R1 de 1998 do Team Piranha ficou sem caixa de velocidades nas duas voltas de aquecimento realizadas antes do arranque.

No início da prova a equipa da ‘pole’ segurou a liderança, mas cedo Tiago Magalhães mostrava a sua rapidez aos comandos da Aprilia que vai utilizar em 2017 para subir ao comando das operações. O campeão nacional via Rui Reigoto falhar uma travagem e ficar para trás, mas após o primeiro reabastecimento os homens da Yamaha com o número 22 voltaram ao comando da prova, que perderam apenas quando na entrada da segunda hora de corrida Pedro Monteiro caiu na saída da variante e a equipa se atrasou. Acabou por ser a equipa de Mário Alves a assumir antes do final da primeira metade a liderança e com uma brilhante estratégia de paragem nas boxes e um ritmo sempre muito idêntico entre os dois pilotos foram dilatando a diferença que perto do final permitiu mesmo a derradeira troca de pilotos sem perder o comando.

A equipa da Yamaha teve que trabalhar para recuperar até à bandeira de xadrêz, tal como a formação da Aprilia, ambas com mais paragens nas boxes que a formação líder e os pilotos da moto japonesa apenas subiram ao segundo posto já a caminho dos derradeiros minutos quando a Aprilia parou pela última vez após um turno em velocidade elevada por parte de Tiago Magalhães, o autor da volta mais rápida em corrida. Mário Alves e Nelson Rosa foram assim os grandes vencedores do dia, ganhando igualmente na classe 2 no final de uma prova onde a dupla Bernardo Villar e Duarte Amaral venceu na classe 3 – reservada ás ‘naked’ e Ivo Lopes em conjunto com Fernando Merchan e Oscar Fernandez foram os melhores na classe 1, reservada ás motos com cilindrada inferior aos 850cc.

A velocidade 2017 arrancou assim com uma corrida de resistência, uma fórmula que regressou ás pistas pelas mãos do Motor Clube do Estoril e que marcou para muitas equipas o regresso ás pistas na preparação para o novo ano desportivo.

Classificação final

1º Mário Alves / Nelson Rosa – Yamaha com 93 voltas
2º Rui Reigoto / Pedro Monteiro / Eusébio Nogueira – Yamaha a 38.391s
3º Tiago Magalhães / Filipe Lourenço / Miguel Bilhota – Aprilia a 1 volta
4º Ricardo Lopes / Stephen Carmichael – Kawasaki a 3 voltas
5º António Moreira / Paulo Vicente / José Teixeira – Aprilia a 4 voltas
6º Rodrigo Amaral / Luis Branquinho / Pedro Carmo – BMW a 6 voltas
7º José Sanchez / José Pacheco / Raul Mendo – Kawasaki a 7 voltas
8º Duarte Amaral / Bernardo Villar – Kawasaki a 8 voltas
9º Ivo Lopes / Fernando Merchan / Oscar Fernandez – Yamaha a 8 voltas
10º Tiago Pires / Pedro Dias / Hugo Lopes – Suzuki a 8 voltas
11º Alexandre Rosado / Rui Marto / João Silva – BMW a 9 voltas
12º Miguel Sousa / Pavel Bogdanov / Pedro Flores – Kawasaki a 12 voltas

Please follow and like us:
3 Horas Estoril: Alves & Rosa Lda
Tagged on:         
FMP