No ano de todos os recordes, comemorando o 20º aniversário com a maior caravana de sempre no mais extenso percurso na travessia do mapa continental, o Portugal de Lés-a-Lés contou com presenças bem notadas da actriz Helena Costa, a cumprir aos comandos de uma enorme Yamaha XTZ 1200 Super Ténéré a segunda presença no evento organizado pela Federação de Motociclismo de Portugal, bem como dos mais experientes Vítor Norte e Alexandre da Silva. Trio de atores que chegou a Felgueiras de ‘alma cheia’, depois de 1240 km de aventura em viagem à moda antiga, sempre por estradas nacionais, regionais e municipais, fugindo às autoestradas, Itinerários Principais, Secundários e outros sinais de modernidade rodoviária. ‘Capital do Calçado’ que foi Ponto final de memorável jornada mototurística, iniciada em Faro e com passagem por Portalegre e Lamego, onde tudo se aliou para deixar deixa fortes memórias para toda a vida.

Dias excelentes para a prática da modalidade, com temperatura acertada para andar de moto, exatamente no ponto em que o frio deixa de incomodar para dar lugar ao calor, mas sem que o aconchego do indispensável equipamento crie desagradável sensação abafada e, sobretudo, sem chuva. Apesar das nuvens sempre presentes ao longo de todo o percurso, da serra do Caldeirão às montanhas do Norte, passando pelas planícies alentejanas coloridas de inusitados tons esverdeados, mas sempre com estradas fabulosas e paisagens soberbas. Daquelas que ajudam a espairecer a alma e encher o coração.

Verdadeiro regalo para os sentidos, das deslumbrantes visões do Douro vinhateiro ao paladar das deliciosas cerejas de Resende, do olfato serrano do Marão ao excelente ‘tato’ do asfalto da serra algarvia, ou na audição do silêncio em pleno Alentejo. Bom, na verdade o silêncio foi apenas antes da passagem da caravana de todos os superlativos. Porque aí a animação tomava conta do ambiente, despertando aldeias de prolongada letargia, animando de forma sincera e sentida aqueles que poucos motivos descobrem para sorrir num dia-a-dia de agruras e dureza.

Festa gigantesca que reuniu milhares de espectadores ao longo do percurso, com particular incidência na chegada a Portalegre e, sobretudo, na derradeira subida ao palanque, em Felgueiras. Onde houve sorrisos e aplausos para todos os resistentes e ainda mais fotografias para Helena Costa, Vítor Norte e Alexandre da Silva. Atores que integraram gigantesco ‘elenco’ composto por milhares de anónimos portugueses, mas também espanhóis, franceses, italianos, alemães, ingleses, irlandeses, holandeses, belgas, russos, ucranianos, húngaros, canadianos, chilenos, brasileiros e norte-americanos como por outros nomes conhecidos das mais diversas áreas. Do ex-ciclista Cândido Barbosa, detentor do recorde de triunfos nas corridas portuguesas, ao antigo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carmona Rodrigues, passando pelos deputados do PCP, João Oliveira e Miguel Tiago, ou os autarcas Rogério Bacalhau (CM Faro) e Ângelo Moura (CM Lamego).

Please follow and like us:
Actores juntos na grande aventura
FMP